Anonymous retira apoio dado ao Wikileaks, e questiona interesses da entidade

O Anonymous, grupo ativista hacker, anúnciou nesta quinta feira por meio de seu twitter, que estavam retirando seu apoio do Wikileaks.

“O fim de uma era. Nós deixamos de seguir @Wikileaks e retiramos nosso apoio. Era uma ideia incrível, arruinada por Egos. Adeus” disse o grupo em seu microblog.

E os posts do grupo no Twitter seguem explicando os motivos:

“Pequena explicação: Nós não conseguimos ver a diferença entre o Wikileaks e qualquer outro esquema para arrecadar fundos”

“Nos unimos com qualquer um que lute pela liberdade de informação. Esse não é mais o foco do Wikileaks. O foco agora é o dinheiro”

“Não nos entendam errado. Nós ainda apoiamos a ideia. A triste verdade é que o Wikileaks a abandonoup or dinheiro”

Em comunicado publicado eles dão uma explicação mais detalhada sobre a decisão. E citam como motivo principal os Banners pedindo doações para o fundo de defesa de Assange, que aparecem no site por cima do texto, ocultando a informação, um usuário mais avançado até sabe como remover este banner, mas o usuário comum, e visitante casual do site, não saberá o que fazer para poder ver o conteúdo, entendendo que deve pagar para ter acesso ao site.

“Nós temos nos preocupado com a direção que o WikiLeaks vem tomando. No último mês, o foco saiu dos vazamentos de informação e da real luta pela liberdade de informação para se concentrar mais e mais em Julian Assange”

“Para nós, a conclusão é que não podemos mais apoiar o que o WikiLeaks se tornou – um show de um homem, de Julian Assange. Mas nós também quermos deixar claro que ainda apoiamos a ideia original por trás do WikiLeaks: liberdade de informação e transparência de governos. Infelizmente nós nos damos conta que o WikiLeaks não mais luta por esta ideia”

No comunicado eles ainda deixam claro que são contra todos esse processo de extradição sofrido pelo Assange, mas afirmam que o foco não pode ser em um só homem, que o Wikileaks deveria ser maior que tudo isso, ou que pelo menso essa era a ideia original.

[@AnonymousIRC]