HBO vai “combater” a pirataria de A Guerra dos Tronos

gameOfThrones1 Não, a emissora não pretende (ao menos por enquanto) sair numa cruzada contra a pirataria processando todas as pessoas e sites que distribuírem o seriado de forma não autorizada. A ideia é reduzir o tempo que novos episódios levam para chegar em territórios fora dos Estados Unidos.

De acordo com Jeff Cusson, vice presidente da HBO, isso deve tornar a pirataria menos atraente.

Nós acreditamos que a chave para combater a pirataria é disponibilizar mundialmente conteúdos com A Guerra dos Tronos no menor intervalo possível. para 176 territórios dentro de uma semana após a estreia nos Estados Unidos. – Jeff Cusson, Vice presidente da HBO

A iniciativa é valida, e talvez o primeiro passo de uma indústria que começa a entender que num mundo ligado pela internet, o conteúdo precisa ser disponibilizado de forma mais rápida e ampla. Mas os efeitos dela devem ser limitados, afinal para os fãs hardcore, esperar 1 dia já é demais.

Além disso tem a questão da forma de distribuição, hoje em dia a única forma disponibilizada pela HBO é a assinatura do canal, o que torna as coisas difíceis para os fãs, afinal assinar um canal apenas por causa de um seriado não parece muito vantajoso.

Alguns atores também comentaram o fato de fazerem parte do seriado mais pirateado do mundo. [TorrentFreak]

jaime_lannisterHá uma pequena parte de você que diz “Yes, nós somos o mais pirateado”.. Mas depois você para e pensa “Isso na verdade é ruim, não é?”. No fim do dia isso é roubo.Eu sei que não parece ser, mas é, e isso não é certo.

– Nikolaj Coster-Waldau, que interpreta Jaime Lannister

ygritteEu acho que é um elogio desajeitado, não é? Eu não acho que a HBO vai ficar muito feliz, mas sim, de uma forma ou de outra é um grande elogio. Não apenas para mim, mas para todo o seriado.

– Rose Leslie, que interpreta Ygritte